• Feiras

‘Espírito Madeira-Design de Origem’: conectando a cadeia produtiva da madeira em setembro

08/08/2023

Feira acontecerá de 14 a 16 de setembro, em Venda Nova do Imigrante (ES), com entrada gratuita, conectando toda a cadeia produtiva da madeira e enfatizando sua origem sustentável e renovável
Acontecerá pela primeira vez no Espírito Santo, de 14 a 16 de setembro, no Centro de Eventos Padre Cleto Caliman, o “Polentão“, em Venda Nova do Imigrante (ES), a Feira “Espírito Madeira – Design de Origem”, que se configura como o maior evento do setor produtivo de madeira do Brasil.
Para se credenciar, basta acessar o site www.espiritomadeira.com.br e clicar em “Credenciamento” no menu ou rolar a página até a seção de credenciamento. Lá, o participante vai encontrar todas as informações que precisa sobre o evento, desde a programação até detalhes sobre expositores e palestrantes. (Confira mais abaixo).

A organização está a cargo do Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau, com correalização da Câmara Setorial Moveleira (Findes). Além disso, conta com o apoio da Prefeitura de Venda Nova, Aderes, Amunes, Sebrae/ES, Sistema Faes/Senar/Sindicatos, Ufes (Departamento de Ciências Florestais e da Madeira) e tem o patrocínio da Suzano e da Placas do Brasil.

A expectativa é receber cerca de 3.000 visitantes por dia, que terão acesso a 84 estandes com expositores, sendo 50 selecionados em edital da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes).

O objetivo da “Espírito Madeira” é conectar toda a cadeia produtiva, desde o produtor florestal até o design, envolvendo diversos profissionais do setor, como arquitetos, designers, engenheiros e empresários, além de atrair grandes stakeholders do mercado e empresas de outros Estados. Para tanto, o planejamento ocorre há quase dois anos, considerando as necessidades e expectativas do mercado e dos empresários.

O setor em destaque possui grande relevância econômica e promete gerar significativos impactos positivos. O diretor-presidente do Convention Bureau, Valdeir Nunes, destaca que a “Espírito Madeira” é um evento importante para consolidar Venda Nova na recepção de grandes eventos de negócios, girando a economia da cadeia do turismo na baixa temporada. “Além de altamente técnico, envolvendo desde a base do plantio da árvore até a entrega final no design (móveis, artes, entre outros). Vamos receber vários expositores, teremos capacitações, rodada de negócios, entretenimento, gastronomia, cervejarias e atrações culturais. E vale ressaltar que a entrada é franca!”.

Diversidade
Englobando diversos nichos do empreendedorismo capixaba, o setor madeireiro e moveleiro abrange desde o cercamento de áreas rurais até a produção de estacas para o cultivo de pimenta-do-reino, além de ter aplicações na construção civil, acabamento de obras, embalagens, estofados, colchões e caixões.
O empresário de marcenaria de alto padrão e presidente da Câmara Setorial Moveleira (Sindmadeira/Sindmol e Sindmóveis), Antônio Nicola Brazolino, enfatiza que o público pode esperar um evento bem estruturado, com grandes parceiros e apoiadores. “A Feira tem o propósito de despertar a importância da questão florestal até o alto design. Nossos grandes parceiros e apoiadores geram credibilidade ao evento, que promete ser sucesso”.
A escolha de Venda Nova do Imigrante como sede da “Espírito Madeira” justifica-se pela acolhida do município, que representa uma das maiores regiões de reflorestamento comercial plantada do Estado- 12,4% da área total do município- e com atividades madeireiras bastante ativas no Sul do Espírito Santo. “Além da cobertura nativa da Mata Atlântica, nossa região é propícia para floresta comercial, e a Feira é importante para o público conhecer essas técnicas de plantio. Eucalipto e pinus ajudam a preservar mananciais e geram riquezas para a região”, afirma Valdeir Nunes.
Para o prefeito de Venda Nova, Paulinho Mineti, o projeto da Feira se alinha perfeitamente com a vocação do município para eventos de sucesso e parcerias significativas. “Venda Nova tem referência em eventos, e a Espírito Madeira será mais uma feira de sucesso e parceria. Um evento que vai extrapolar os limites do município e, com certeza, veio para ficar no calendário anual de Venda Nova”.

Programação
A programação, ainda em construção, prevê eventos como Rodada de Negócios, Espaço Maker (“Faça Você Mesmo”) com a “Marcenaria Afetiva” numa abordagem minimalista; Olimpíadas da Madeira, conexões setoriais, linhas de crédito e produtos financeiros, máquinas e ferramentas, modelagem de novos negócios, exposições da fábrica de pios de Cachoeiro de Itapemirim e arcos de violino de pau-brasil de Aracruz, além de palestras com 27 conteudistas e shows de entretenimento (*Confira abaixo alguns nomes confirmados).
A diretora executiva da Espírito Madeira, Paula Maciel, ressalta que o evento celebra a cadeia de madeira e móveis, reunindo atores desde o universo florestal até o alto design, valorizando a alma da madeira e o aconchego que ela traz, remetendo às recordações da infância e tradições familiares. “O evento passará por todos os segmentos industriais e comerciais da madeira e resgatar o que é a alma da madeira, o aconchego que ela traz, aquelas recordações de infância da casa da avó onde tinha aquele grande móvel da sala, trazendo isso para o nosso dia a dia”.
A “Espírito Madeira – Design de Origem” promete ser um evento marcante e transformador para o setor produtivo de madeira do Espírito Santo. A programação diversificada e conceito de “Design de Origem” demonstram o compromisso em promover o desenvolvimento sustentável, inovação e qualidade no uso da madeira.

Testemunhos dos parceiros:
Luiz Toniato (diretor técnico do Sebrae)-O Sebrae apoia a Feira Espírito Madeira na perspectiva que se torne um marco para o setor da madeira e mobiliário, proporcionando oportunidades de crescimento, inovação, capacitação e conexões comerciais, com o objetivo de fortalecer toda a cadeia produtiva e impulsionar o desenvolvimento sustentável desse importante setor.
Através da Feira Espírito Madeira, o setor poderá desenvolver um novo olhar mais orientado a mercado. A Feira será uma plataforma para capacitação, fomento de novos negócios e troca de informações essenciais para a abertura de novos mercados. Os participantes terão a oportunidade de conhecer as mais recentes tendências de mercado do setor.
A Feira tem o potencial de beneficiar os diversos segmentos da indústria madeireira, através de seus diversos fornecedores, fazendo conexões e estimulando o compartilhamento de boas práticas e bons processos produtivos, assim como o desenvolvimento de produtos mais alinhados às demandas do mercado atual.
Para além disso, a Feira Espírito Madeira impacta positivamente o turismo regional ao atrair visitantes interessados no setor da madeira e móveis”.

Enio Bergoli (secretário de Estado da Agricultura)-O setor florestal e a madeira são estratégicos para vários outros segmentos aqui no Espírito Santo. Precisamos cada vez mais de madeira renovável, seja para celulose (o ES é um grande exportador), seja para movelaria (temos polo no Estado), para serrarias, acomodação de cargas e até mesmo para a energia. Segundo dados do Cedagro, temos um déficit de 17 mil hectares de plantio de madeira só para combustível dos secadores de café. Portanto, um evento como este é fundamental para discutir a ciência, a tecnologia e a socialização deste conhecimento junto aos empreendedores capixabas, tendo em vista as oportunidades que temos aqui para o setor de madeira”.


Luciano Pingo (
prefeito de Ibatiba e presidente da Associação dos Municípios do Espírito Santo- Amunes), parceira do Espírito Madeira, destacou, além do ineditismo de realizar pela primeira vez no Espírito Santo um evento que reúne o universo da cadeira produtiva da madeira, oferecendo atualizações e capacitações, a visibilidade que o encontro vai proporcionar aos municípios capixabas.
As oportunidades de geração de negócios e networking que vão acontecer durante a Espírito Madeira somam-se às oportunidades de impulsionar a economia e o turismo do Espírito Santo. Venda Nova do Imigrante e as cidades da região estão se preparando para receber os participantes e os turistas e mostrar todas as potencialidades e atrativos dos municípios capixabas”.

Letícia Toniato (superintendente do Senar-AR/ES)-
Este evento é uma oportunidade para a troca de conhecimentos, experiências e inovações na área florestal, entre o campo e a indústria. A Feira estimula a conexão entre os atores do setor, favorecendo parcerias e promovendo um ambiente propício para a realização de negócios, especialmente frente as adversidades do setor em nosso Estado como o desabastecimento de matéria-prima. O Senar possui uma plataforma EaD onde oferece treinamentos sobre boas práticas de cultivo, manejo florestal responsável e técnicas de processamento que resultam em produtos de qualidade”.

 

 

 

 

Marcus Kneip Navarro, diretor de Negócios do Bandes-O Bandes tem buscado criar alternativas de investimentos para atender à demanda referente à produção e à sustentabilidade do agronegócio. Os processos envolvidos nas cadeias produtivas podem ser apoiados pelo Bandes em diversos segmentos, desde a implantação de novas tecnologias, técnicas de produção industrial e de gestão de recursos, por exemplo“.

 

 

 

Segundo o diretor-presidente do Idaf, Leonardo Monteiro, é importante que o Idaf participe da “Espírito Madeira” para informar e tirar dúvidas dos produtores sobre o cadastro de plantio de árvores e florestas nativas com finalidade de exploração comercial. “Criado recentemente pelo Idaf, esse cadastro tem como objetivo desburocratizar a exploração florestal de espécies nativas plantadas com fins comerciais, mantendo o controle de origem desse material e garantindo a preservação dos remanescentes florestais nativos”, disse.
Ainda de acordo com Monteiro, as autorizações para exploração florestal também serão emitidas mais rapidamente, tendo em vista que o Idaf já terá acesso as informações dos plantios. “Além da otimização do tempo, o nosso objetivo é incentivar o cultivo de forma correta, para impulsionar a economia capixaba e evitar o desmatamento irregular no Estado”, enfatiza.

 

 

Cris Samorini (presidente da Findes)– “A primeira edição da ‘Espírito Madeira 2023’ vai agregar muito ao desenvolvimento da agroindústria florestal no Estado. A madeira é a principal matéria-prima das indústrias de celulose e papel e do setor moveleiro. Hoje já temos grandes empresas que trabalham com esses segmentos aqui no ES e que podem ser abastecidas pela produção capixaba, além dos micros, pequenos e médios negócios. O evento é uma grande oportunidade de mostrar o potencial do setor e de fortalecermos cada vez mais a cadeia produtiva e de fornecedores do Estado”.

Quem são?
PLACAS DO BRASIL S.A.
Empresa brasileira genuinamente capixaba, especialista na produção e comercialização de painéis de MDF de alta qualidade, oriundos de florestas de eucalipto 100% renováveis. Localizados no município de Pinheiros, Norte do Espírito Santo, ocupa uma área total de 665 mil m², com cerca de 200 mil m² de área construída. Com uma estrutura contemporânea e equipamentos de última geração, a capacidade de produção é de 30 mil m³/mês de painéis de MDF naturais e 12 mil m³/mês de painéis de MDF revestidos. Saiba mais em: https://placasdobrasil.com.br/.
SUZANO
É a maior produtora mundial de celulose, uma das maiores produtoras de papel da América Latina e referência no desenvolvimento de soluções sustentáveis e inovadoras de origem renovável. Os produtos da companhia, que fazem parte da vida de mais de 2 bilhões de pessoas e abastecem mais de 100 países, incluem celulose, papéis para imprimir e escrever, canudos e copos de papel, embalagens de papel, absorventes higiênicos e papel higiênico, entre outros. A Suzano é guiada pelo propósito de ‘Renovar a vida a partir da árvore’. A inovabilidade, a busca da sustentabilidade por meio da inovação, orienta o trabalho da companhia no enfrentamento dos desafios da sociedade. Com 99 anos de história, a empresa tem ações negociadas nas bolsas do Brasil (SUZB3) e dos Estados Unidos (SUZ). Saiba mais em: www.suzano.com.br.

CONTEUDISTAS CONFIRMADOS
Graziela Vidaurre
Professora da Ufes há 13 anos e atuante em projetos de pesquisa na área de qualidade da madeira de florestas plantadas. Coordena o Núcleo de Pesquisa em Qualidade da madeira da Ufes, em Jerônimo Monteiro.
Sandra Prochnow Greuel
Professora e coordenadora da única escola brasileira de Tornearia em Madeira em Pomerode (SC). Em 2009, foi enviada pela Prefeitura da cidade para a Região de Ergebirge, na Alemanha, para aprender e ensinar essa arte. Desde 2012, já ensinou mais de 400 alunos a arte e o encanto da tornearia em madeira. Especializada na tornearia dos tradicionais Quebra-Nozes e das figuras do Presépio.
Gil Chagas
À frente do perfil “Cupim Banguelo” no Instagram, Tik Tok e YouTube, é um dos poucos influenciadores na área de marcenaria e marcenaria criativa. Gil traz semanalmente para as redes sociais ideias e projetos criativos.
Ezio Tadeu Lopes (Base Verde Consultoria)
Engenheiro florestal e executivo com larga experiência em empresas de grande porte nos segmentos de papel e celulose, agronegócios e logística. No vasto currículo, constam experiência em implantação e gestão do Sistema de Garantia da Qualidade (IS0 9000/14000), Certificações FSC Forest Stewardship Council, Programa Brasileiro de Certificação Florestal (Cerflor) e práticas ESG.
Flávio Baldan Alonso (Fbag Marchetaria)
Formado em Desenho e Projetos pela Unimep, se interessou pela marchetaria quando conheceu a técnica numa viagem em família. Atualmente, já são mais de 14 anos dedicados à marchetaria.
Fernando Mauro Belchior (FM Belchior Cursos Profissionais)
Engenheiro mecânico formado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, tem curso de marcenaria fina em madeira maciça pelo Rosewood Studio (Almonte, Ontário, Canadá), além de experiência nas áreas de projeto e produção de móveis em madeira maciça e MDF.
Celso Martini
É engenheiro eletrônico especializado em automação industrial e também sócio-diretor comercial da Marrari Automação. Atua há mais de 45 anos com automação industrial em diversos setores produtivos, como também em desenvolvimento de novas tecnologias, sistemas, soluções e produtos.
Carlos Alberto Sacco (Grupo BMV)
Empreendedor e empresário com 40 anos de atuação no mercado e Tecnologia de Informação no Brasil e exterior. Cofundador da Associação Brasileira de Empresas de Software (Abes), é diretor do setor de benefícios do Grupo BMV, que atua na área ambiental de créditos de sustentabilidade e biodiversidade com lastro registrado na B3. Investidor anjo e mentor de marketing e vendas do InovAtiva Brasil, se dedica a aproximar e gerar negócios entre startups e empresas.
Humberto Tufolo Netto
É diretor e fundador do Núcleo da Madeira. Experiência em planejamento de vendas e representação comercial na Montana Química S.A. por 40 anos. Coordenou ações de marketing voltadas ao mercado industrial madeireiro e moveleiro e participou na expansão da empresa no mercado Latino-Americano. Membro ativo na ABPM e colaborador em normas NBR relacionadas à madeira e preservação. Idealizou a campanha “Madeira de Verdade”, Abrafati. Consultor técnico em tratamento e acabamento de madeiras de engenharia para empresas da construção. Professor convidado no curso de pós-graduação do IPT- Núcleo da Madeira no tema “Tecnologia em Preservação de Madeiras”.

Espírito Madeira- Design de Origem 2023”
Data: 14 a 16 de setembro
Local: “Polentão”, em Venda Nova do Imigrante (ES)
Mais informações: https://espiritomadeira.com.br/

Outras notícias

Montanhas Capixabas: turismo e negócios na Feira Espírito Madeira-Design de Origem 2024 em Novembro

Montanhas Capixabas: turismo e negócios na Feira Espírito Madeira-Design de Origem 2024 em Novembro

Acesse
Fazenda Pindobas será novo marco para o turismo de experiências na RuralturES 2024

Fazenda Pindobas será novo marco para o turismo de experiências na RuralturES 2024

Acesse
36ª Festa de Emancipação de Venda Nova garante 3 dias com shows imperdíveis e solidariedade

36ª Festa de Emancipação de Venda Nova garante 3 dias com shows imperdíveis e solidariedade

Acesse