• Feiras

Espírito Madeira 2024 está confirmada

19/09/2023

Feira realizada de 14 a 16 deste mês, no Espírito Santo, é considerada inédita no país ao conectar toda a cadeia produtiva num único evento

A 2ª “Espírito Madeira – Design de Origem” está confirmada para setembro de 2024 e promete ser ainda mais grandiosa. O anúncio vem após o sucesso da primeira edição, que ocorreu de 14 a 16 de setembro, no Centro de Eventos Padre Cleto Caliman, o “Polentão”, em Venda Nova do Imigrante (ES). A Feira impactou mais de 10 mil pessoas, com apenas 20% dos 162 expositores movimentando mais de R$ 26 milhões em negócios, segundo apuração ainda em andamento. Assim, a “Espírito Madeira” se solidifica como um evento notável da cadeia produtiva da madeira no cenário nacional.

“Agradecer muito o esforço da equipe nos últimos dois anos para chegar a esse resultado. É uma emoção muito grande. Quando o evento é inédito, se tem mais dificuldade, mas quando a gente fala de madeira encanta todo mundo. Ela está presente desde os lares mais simples até no alto design, uma transversalidade infinita. Ligar a cadeia toda foi o principal desafio”, declarou Paula Maciel, uma das idealizadoras ao lado de Antonio Nicola Brazolino, presidente da Câmara Moveleira da Findes e do Sindmadeira.

“Sensação de dever cumprido, com uma entrega fabulosa. Ouvi depoimentos de grandes trades de mercado, que fizeram importantes negócios durante o evento. Já temos empresas interessadíssimas e já entrando em contato para participar da edição 2024, que promete ser um evento de impacto ainda maior e que vai nos direcionar para trazer grandes nomes do Brasil. Vai ser a grande celebração da madeira aqui no Espírito Santo”, completou Nicola.

Com 44 especialistas convidados e mais de 51 horas de programação, a primeira edição da “Espírito Madeira” encantou o público com uma série de eventos e atrações. Os espaços Maker e Acadêmico e o auditório registraram intenso movimento nos três dias de programação, sob curadoria de Eduardo Stehling (Fuste Consultoria), João Gabriel Missia e Graziela Vidaurre, ambos da Ufes, respectivamente.

Na parte cultural, shows como os apresentados pela Camerata do Sesi, sob coordenação de Gizele Maffioletti junto a Marcelo Lages e Billy Marreiro, e participação de Dona Fran, Tati Celeste e Laís Stone encantaram o público na sexta e no sábado. E Ibatiba levou as tradições tropeiras para o “Polentão”, com destaque para a xiringa, uma iguaria tipicamente da “Capital Estadual dos Tropeiros”. Além disso, a Fábrica de Pios, as oficinas gastronômicas da Cozinha Brasil e da Unidade Frigorífica do Sesi/Senai, missões técnicas e rodadas de negócios trouxeram uma experiência rica para os visitantes.

Um dos destaques da programação foram as “Olimpíadas da Madeira”, sob organização do engenheiro florestal Fabio Mareto, que envolveram até mesmo os palestrantes em disputas de tirar o fôlego. Os vencedores da categoria Machado foram: 1º lugar Cristiano Mareto Lemos, 2º lugar Bruno Mareto, e 3º lugar Lucas Gabriel. Na categoria Gurpião (dupla), os vencedores foram: 1º lugar Iozelino Cassaro e Edmilson Melo, 2º lugar Bruno Mareto e Lucas Gabriel, e 3º lugar Tony (Ativação) e Adilson Pinheiro (palestrante).

Outra atração marcante da “Espírito Madeira” foi a exposição “Design + Arquitetura”, com curadoria de Jacqueline Chiabay e pela arquiteta e produtora cultural Angela Gomes. A mostra trouxe o alto design à Feira, apresentando trabalhos de 18 artistas e designers renomados internacionalmente.

Além disso, os visitantes tiveram a oportunidade de desfrutar de chocolates inspirados nos materiais usados nas placas de MDF da Placas do Brasil, de sentir a fragância feita pela FeitoDi exclusivamente para o evento e de assistir a criação ao vivo de piões de madeira. A exposição de ferramentas antigas, com mais de 70 peças selecionadas de uma coleção original de 3.000 peças de Iozelino Cassaro, de Santa Luzia, no município vizinho de Conceição do Castelo, também encantou o público e resgatou memórias da infância.

Morador de Venda Nova, o casal Francisco Gonçalves e Maria Isabel Barcelos se emocionou com a exposição. Ele relembrou a infância ao ver o enchó, uma ferramenta usada para nivelar madeira. “Chama atenção porque é coisa antiga que a gente quase não vê mais, só assim em eventos como a ‘Espírito Madeira’. Meu pai era carpinteiro em Brejetuba e mexia com essas ferramentas todas”, disse ele. “Eu passei as fraldas do meu primeiro filho há 43 anos com esse ferro à brasa”, completou Maria Isabel.

Impressões

Também durante a Feira, um dos locais mais visitados foi a Unidade Móvel de Madeira e Mobiliário do Senai, que dispõe de sala de aula e laboratório com máquinas e equipamentos para toda linha de produção moveleira. Sob comando do instrutor Lucas Luz, a máquina inteligente CNC Router, que faz o processo de usinagem da madeira por meio de programação, produziu mais de 20 tábuas de carne personalizadas do evento diante dos visitantes.

A administradora de empresas Érika Falqueto ficou impressionada com a estrutura. “O fato de o Sesi conseguir levá-la para todos os lugares com esse ensinamento ajuda a desenvolver as regiões capixabas. Muito incrível”.

O evento prestou homenagem a Almir Amed Deoud, um profissional com décadas de experiência na cadeia produtiva da madeira capixaba, dando seu nome ao auditório. Ele enfatizou a importância da fé, da humildade e do ato de ajudar as pessoas sem esperar nada em troca. “O resumo é fazer o bem”, disse emocionado com a surpresa.

Arquitetos e empresários também compartilharam suas impressões sobre a Feira. O arquiteto Emílio Caliman, com estande do escritório de Venda Nova, destacou a riqueza e a diversidade dos itens presentes na “Espírito Madeira”. “Momento de criar muita conexão com várias pessoas. Além dos itens que a marcenaria traz para uma obra, tivemos uma parcela grande de mobiliários, artesanatos, isso tudo foi enriquecendo as nossas conexões”, disse.

Já a arquiteta Paulete Almeida, conhecida como a “Rainha dos Telhados”, expressou seu orgulho em participar de um evento tão significativo em Venda Nova. “Minha raiz é madeira. Fiz escola na madeira e trabalhei em empresas do setor por muitos anos. Sou conhecida como a ‘Rainha dos Telhados’, porque telhado de madeira é comigo aqui na região. É a minha praia! É um orgulho e um prazer participar de uma Feira como essa. E que privilégio Venda Nova receber um evento desse porte! Super rica essa experiência!”.

Prestígio

A “Espírito Madeira” contou com a participação de várias empresas e organizações que reconhecem a importância da cadeia produtiva da madeira. Ingrid Saur, presidente da Penz/Saur, com sede no Rio Grande do Sul e 97 anos de tradição em equipamentos florestais, destacou a relevância do evento para a troca de experiências e conhecimentos em um setor essencial. Ela conta ter sido a primeira expositora a fechar com a Feira quando o “mapa do evento ainda estava em branco. A ‘Espírito Madeira é uma bela iniciativa, já que a região é muito forte em eucalipto, congregando as pessoas para a troca de experiências. Depois da pandemia, a gente tem que voltar a trocar conhecimento para o bem do nosso país”, disse.

Líderes, políticos e representantes de instituições como o Sicoob Sul-Serrano e a Placas do Brasil também destacaram a importância do evento para a região e sua conexão com a história e a tradição da madeira no Espírito Santo (*Confira mais abaixo). Para o deputado federal Evair de Melo, é uma alegria estar em casa em um evento que junta tradição, história e muitas oportunidades. “Os imigrantes tiveram na madeira sua primeira fonte de energia e, no presente, em pouco tempo os créditos de carbono, pagando o produtor que preserva, serão realidade. Conseguimos recursos por meio de emenda para o evento e quero parabenizar a todos os realizadores”.

“Nascemos uma cooperativa de crédito rural. E quando a gente fala em madeira, nos remetemos ao passado, pois ela é o primeiro negócio que os nossos antepassados italianos tiveram que lidar para construir suas casas. O Sicoob trazendo isso para o dia de hoje faz um link bacana”, destacou o presidente do Sicoob Sul-Serrano, Cleto Venturim.

O consultor de vendas da Placas do Brasil no Espírito Santo, Lúcio Hosken, manifestou o contentamento da empresa em patrocinar a “Espírito Madeira 2023”.  “A trajetória da marcenaria e da indústria madeireira no Estado é muito forte desde sempre. E nós como empresa de painéis de MDF não poderíamos ficar de fora. Em cinco anos de produção no Estado, era fundamental marcar presença na Feira para fortalecimento da marca e estar junto aos nossos outros fornecedores”.

Valdeir Nunes, diretor-presidente do Convention Bureau, comemora a primeira edição. “Para nós é uma grande alegria receber a ‘Espírito Madeira’. A primeira Feira é sempre muito difícil de organizar. Quando construímos uma casa pensamos em lajota, mas o custo com madeira vai de 3% a 5% e, com os móveis, chega a 25%, só para observar a importância da madeira. Uma grande honra participar deste evento”.

Paulinho Mineti, prefeito de Venda Nova do Imigrante, ressaltou que a “Espírito Madeira” é uma oportunidade ímpar de destacar a riqueza cultural, a habilidade dos artesãos e o potencial da região. “A Feira foi um sucesso, surpreendeu todas as expectativas. Muito bonita e organizada e com atrações diversas. E nosso município está de portas abertas para a próxima edição voltar para Venda Nova e ficar no nosso calendário”.

A “Espírito Madeira- Design de Origem” é uma realização do Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau, com correalização da Prefeitura de Venda Nova do Imigrante e apoio do Sebrae/ES, Aderes, IEL, Governo do Estado do Espírito Santo, Grafitusa, Sindmadeira, Ufes, Sindimol, Sindmóveis e Amunes, com patrocínio da Findes/Sesi/Senai, Sicoob, Crea-ES e Placas do Brasil, acessibilidade em Libras Klumie e marketing digital Weslley Aguiar (TMZ digital), estrategista Digital e especialista em marketing digital.

Outras autoridades:

Luciano Pingo, prefeito de Ibatiba e presidente da Amunes- “Parabenizo todos os organizadores pela brilhante ideia da ‘Espírito Madeira’, que potencializa uma cadeia produtiva tão importante e que torna nossa economiza cada vez mais pujante”.

Alexandre Passos, diretor de Fomento e Inovação da Aderes- “Esta edição, com certeza, já deu certo. Um evento belíssimo, com estandes bem estruturados. Estou impressionado com a Feira. Aproveito para divulgar que, a partir de janeiro, teremos o ‘Garantia ES’, um crédito do Estado voltado aos empreendedores que tem a Aderes como avalista”.

Luiz Toniato, diretor técnico do Sebrae- “Parabenizo Nicola e Paula por fazerem este evento em Venda Nova. A ‘Espírito Madeira’ é feita por muitos e para muitos e nos faz enxergar que a cadeia produtiva da madeira e mobiliário é muito extensa e composta por micro e pequenos empreendedores apoiados pelo Sebrae. Que os próximos eventos sejam ainda melhores!”.

Weverson Meireles, secretário de Estado do Turismo- “Empreendedores expositores fizeram o evento já estrear como sucesso. E Venda Nova se tornando referência em tudo o que se propõe a fazer, não só para o Espírito Santo, como para todo o Brasil. Falar de madeira é falar de sustentabilidade”.

Paulo Alexandre Gallis Pereira Baraona, 1º vice-presidente Findes- “Temos um polo moveleiro que exporta para o mundo inteiro, uma grande empresa que é a Placas do Brasil. Um setor muito pujante, que cria muitos empregos, e a Federação está sempre junto, buscando inovação. Quero parabenizar Paula e Nicola. Este evento vai se perpetuar!”

Quem são?

MONTANHAS CAPIXABAS CONVENTION & VISITORS BUREAU

É uma entidade com sede no município de Domingos Martins, sem fins lucrativos, criada para promover desenvolvimento sustentável no turismo da região de montanhas do Espírito Santo. Atualmente, o trade regional é representado por 380 empreendimentos em dez municípios (Afonso Cláudio, Alfredo Chaves, Brejetuba, Castelo, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Laranja da Terra, Marechal Floriano, Vargem Alta e Venda Nova do Imigrante).

Fundado em 2006, a partir de uma aliança da iniciativa privada com o poder público, o Montanhas Capixabas teve o apoio de grandes parceiros como o Espírito Santo Convention & Visitors Bureau, Federação Brasileira de Conventions & Bureau, Governo do Estado do Espírito Santo e Sebrae-ES.

A missão é desenvolver o turismo sustentável, adotando ações que promovam seu arranjo turístico em nível estadual, nacional e internacional, que gerem oportunidades de negócios para seus mantenedores e associados e fomentem o desenvolvimento de toda a região.

A atual diretoria conta com Valdeir Nunes (diretor-presidente), Ana Venturim Porto (diretora financeira), Sergio Rodrigues Dias Filho (diretor técnico) e Leandro Carnielli (presidente do Conselho Curador). Saiba mais em www.montanhascapixabas.org.br.

PLACAS DO BRASIL S.A.

Empresa brasileira genuinamente capixaba, especialista na produção e comercialização de painéis de MDF de alta qualidade, oriundos de florestas de eucalipto 100% renováveis. Localizados no município de Pinheiros, Norte do Espírito Santo, ocupa uma área total de 665 mil m², com cerca de 200 mil m² de área construída. Com uma estrutura contemporânea e equipamentos de última geração, a capacidade de produção é de 30 mil m³/mês de painéis de MDF naturais e 12 mil m³/mês de painéis de MDF revestidos. Saiba mais em: https://placasdobrasil.com.br/.

Outras notícias

RuralturES 2024 será realizada em nova data e local. Confira!

RuralturES 2024 será realizada em nova data e local. Confira!

Acesse
Venha celebrar uma tradição italiana na 22ª Festa do Socol em maio!

Venha celebrar uma tradição italiana na 22ª Festa do Socol em maio!

Acesse
37ª Festa do Tomate: show, premiações e motocross marcam o evento em Alto Caxixe

37ª Festa do Tomate: show, premiações e motocross marcam o evento em Alto Caxixe

Acesse